10 brincadeiras que fortalecem a confiança nas crianças (2022)

Confiar na força do Brincar é o tema da Semana Mundial do Brincar deste ano. Como a própria Aliança pela Infância, organizadora da semana, define “confiar no brincar é confiar na alegria, é confiar no encontro”. Mas acreditamos que aconfiança é uma habilidade que precisa ser desenvolvida. E que abrincadeira é uma ferramenta infalívelpara isso! E foi a partir de vários estudos e acesso às informações como membros da Comunidade de Prática do Brincar, do Center on the Developing Child da Universidade de Harvard, que a Patricia Marinho e a Patcamargo escolheram 10 brincadeiras que fortalecem a confiança nas crianças.

Tudo daquele jeito simples de fazer e com muito amor. Além deste post, as Pati’s fizeram uma Live no Instagram e no Youtube com o tema “Cadê a confiança que estava aqui?”.

Bora conferir as brincadeiras?

1 – Arriscar-se no parquinho

Sabe quando a gente morre de aflição porque as crianças foram na gangorra, ou estão muito alto no brinquedão e a gente fica embaixo segurando enquanto elas escalam uma ponte de cordas? Então, não faça isso.

Por mais aflitivo que seja, deixe seus filhos explorarem os brinquedos do parquinho sozinhos e com autonomia. Fique por perto nas primeiras vezes, se for o caso, mas deixe-o tentar sozinho.

No parque, libere para brincar no escorregador, balanço, trepa-trepa e escada de cordas. Apenas certifique-se da segurança deles e deixe as crianças se desafiarem ❤. Tem várias ideias superdivertidas aqui.

2 – Arriscar-se na natureza

Depois de brincar no parque e deixar as crianças chegarem lá na parte mais alta do trepa-trepa… Que tal liberar o subir em árvores (com supervisão, se for o caso); brincar com água e terra, observar um inseto que não seja venenoso, colocar o pé na grama, na terra, na água. Brincar na beira da praia ou no rio (sempre com um adulto do lado); correr na chuva.

Não se arrepie. Pense na sensação de liberdade, de descoberta e de autoconfiança que as crianças vão sentir, conquistar.A natureza é parte das pessoas e ela nos ensina a sermos confiantes. Brinque junto, celebre as conquistas. Arrisque-se também! Neste post aqui tem várias sugestões de brincadeiras na natureza.

3 – Quebra-cabeça

Nossa terceira ideia, entre as 10 brincadeiras que fortalecem a confiança nas crianças, é utilizar um brinquedo já muito conhecido!

Quebra-cabeças e jogos de raciocínio são ótimas brincadeiras para treinar concentração, foco e paciência. Mas também são perfeitos para dar chance ao seu filho de tentar, errar, corrigir, resolver um problema e achar a solução sozinho. Isso traz confiança relacionada ao lado cognitivo dele.

Como a Patcamargo nos mostra neste post aqui, na casa dela o quebra cabeças está presente desde quando seus filhos conseguiram sentar sozinhos, por volta dos 5 ou 6 meses. O primeiro era bem simples, somente com peças geométricas para encaixar nos espaços vazados. Mas, conforme as crianças foramcrescendo, a Pat foi apresentando jogos mais complexos, com 4, 6 e 8 peças e mais.

4 – Brincar de cientista

Ter a condição de criar perguntas e ir atrás das respostas é fundamental para adquirir confiança. Além de desenvolver a segurança em perguntar. Aliás, você já percebeu como adultos também têm receio de fazer perguntas, com medo que as outras pessoas achem que somos burros?Que coisa!

Então, ter a confiança em si mesmo é também saber que todas as perguntas podem e devem ser feitas!

E, de novo, a brincadeira é uma ferramenta infalívelpara ensinar as crianças a confiar e se sentirem seguras para perguntar, duvidar, testar e pesquisar.

Além disso, brincar com experimentos de ciência é uma oportunidade de incentivar algo que já natural para elas. Como disse o astrofísico Neil deGrasse Tysonneste vídeo aqui: “As pessoas me perguntam: o que eu faço para meu filho se interessar por ciências? Ele já está interessado em ciências… Crianças já nascem cientistas!’.

Neste post aqui publicamos 10 atividades de ciências simples e criativas com várias sugestões para incentivar e surpreender as crianças. Já neste aqui, a Patricia Marinho nos mostra quando ela fez uma experiência com a Gabi, sua filha mais nova, quando ela tinha 3 anos e 9 meses. Isso mostra como podemos brincar com experimentos de ciências mesmo com as crianças pequenas.

5 – Brincar de se embelezar

Confiança também tem a ver com gostar da sua aparência. Alerta: para meninos e meninas, viu? Então, deixe seus filhos brincarem de fazer desfile de moda, de misturar roupas, de cabelereiro. Brinque de criar formas com o corpo no espelho, de caretas no espelho. É na brincadeira que seus filhos irão aprender a se ver, se enxergar como são, terem confiança com o próprio corpo e se acharem lindos!

Neste post aqui tem uma brincadeira superdivertida que ajuda a criança a conhecer o corpo desenhando um boneco gigante. Mais uma das brincadeiras que fortalecem a confiança nas crianças

No Youtube, na série 12 dias para mudar a rotina com seu filho, a Patcamargo falou sobre como ajudar as crianças a gostar da aparência. Afinal, esse é um assunto importante e que cada vez mais afeta crianças antes dos 12 anos. Mas há caminhos e no vídeo a Pat nos mostra algumas dicas.

6 – Gincana e competições

Quando seus filhos participam de uma brincadeira de gincana ou uma brincadeira que seja mais competitiva, eles adquirem a confiança de tentar. Saber que é possível tentar, seja lá o que for, é importante para a confiança. Independentemente do resultado, o principal de uma boa brincadeira de gincana é poder “meter as caras” e dar o seu melhor.

Por isso, gincanas são ótimas brincadeiras que fortalecem a confiança nas crianças.

Aqui no nosso site temos váaaaaaarias brincadeiras de gincana. Além dos posts, temos o Kit Gincana Tempojunto. Ele é gratuito e traz 10 jogos e brincadeiras para organizar uma super gincana. É só clicar aquie baixar.

7 – Brincar de olhos vendados

Pode ser uma brincadeira de desenhar de olhos vendados, ou atravessar um caminho de obstáculos dentro de casa, só seguindo a sua voz. Pode ser até uma brincadeira de experimentar alimentos diferentes.

Qualquer uma destas opções são exemplos de brincar que limita um dos sentidos e, por isso, estimula a confiança nos demais sentidos que temos.

Um exemplo de brincadeira está neste post aqui, que a Patcamargo escreveu contando sobre uma experiência que ela teve com seus filhos. A ideia era fazer com que eles experimentassem novos alimentos, mas olha a confiança em experimentar com os olhos vendados!

8 – Brincadeira de “Segura o Tronco”

Essa é uma brincadeira fantástica para ensinar sobre confiança. É bem simples: uma criança fica na frente da outra. A de trás se posiciona com os pés – um na frente do outro, para ficar bem firme no chão. Depois, a criança da frente cai para trás com os braços abertos e é segurada pela que está atrás.

A ideia de sentir que tem alguém para segurar e proteger vai ajudar a desenvolver a confiança no seu filho. Aliás, essa é uma brincadeira muito comum em encontros de adultos promovidos pelos RHs das empresas, por exemplo.

Mas, é importante reforçar algumas coisas. Converse com as crianças, explique a brincadeira e confie nelas! Confie que elas vão proteger o outro. Aliás, brinque junto. Você confia?

9 – Brincadeira Troncos no Rio

Se houver possibilidade de brincar na piscina ou no mar, esta brincadeira é uma versão da anterior, só que desta vez, quem “segura” o impacto da criança e não deixa machucar é a água.

Estando na piscina, garanta que a criança fique com os pés bem rentes à borda, para não se machucarem ao se lançarem na água. Se estiver no mar, teste se jogar quando vier uma onda!

Na foto, perceba a carinha da Carol, filha mais velha da Patricia Marinho, se jogando na piscina com uma expressão de leveza e alegria! Totalmente confiante

Ah! É sempre importante que no caso de brincadeiras com água, mesmo bem no raso, que um adulto esteja por perto.

10 – Dia do Sim

Esta é uma proposta que precisa de um preparo anterior. Mas a ideia é que você confie plenamente nas escolhas do seu filho por metade de um dia, ou um dia inteiro.

Se seu filho for muito pequeno, vocês podem definir previamente quais são as opções de atividades que ele poderá escolher. Mas quem tem que escolher e em que momento vai acontecer, é uma decisão dele.

Se seu filho for maior, vocês podem estabelecer juntos somente algumas premissas para que não haja nenhuma atividade muito perigosa, ou que envolva muito dinheiro ou que seja permanente. Tudo vale só no dia do sim.

Exemplos de coisas que podem fazer parte do dia do sim:

– Dormir embaixo da cama
– Tomar sorvete no café da manhã
– Ir pulando até a rua da sua casa ou prédio e voltar
– Deixar ele escolher a roupa do dia dos adultos
– Deixar que ele vista o que quiser
– Ficar sem sapatos
– Brincar o dia inteiro (e ele inventa as brincadeiras)
– Ficar acordado de madrugada
– Entregar uma flor para alguém desconhecido na rua
– Comer só doces

Confie no seu filho e se jogue no Dia do Sim com ele!

Gostou do nosso post de hoje? Viu como a brincadeira é importante e pode nos ajudar no desenvolvimento dos nossos filhos, incluindo as emoções?

Além das brincadeiras que fortalecem a confiança nas crianças, temos um material GRATUITO sobre como ensinar as crianças a lidar com as emoções. É um material com ferramentas práticas,atividades e brincadeiras que vão te ajudar a trabalhar as emoções do seu filho. Cliqueaquipara baixar o seu.

10 brincadeiras que fortalecem a confiança nas crianças (8)

Top Articles

Latest Posts

Article information

Author: Dan Stracke

Last Updated: 01/01/2023

Views: 6141

Rating: 4.2 / 5 (63 voted)

Reviews: 86% of readers found this page helpful

Author information

Name: Dan Stracke

Birthday: 1992-08-25

Address: 2253 Brown Springs, East Alla, OH 38634-0309

Phone: +398735162064

Job: Investor Government Associate

Hobby: Shopping, LARPing, Scrapbooking, Surfing, Slacklining, Dance, Glassblowing

Introduction: My name is Dan Stracke, I am a homely, gleaming, glamorous, inquisitive, homely, gorgeous, light person who loves writing and wants to share my knowledge and understanding with you.